sexta-feira, 3 de outubro de 2014

amanhã é domingo e é eleição

1.       Eleições é melhor que Copa.
2.       Eduardo Jorge vai deixar um vazio nos debates do 2 turno.
3.       Eduardo é puro coração, Luciana é puro cérebro.
4.       e SIM! Marina (meu voto)é o melhor de cada um.
(...)
306. A democracia brasileira é endêmica. Por aqui todo mundo dá opinião sobre tudo, e todo mundo tem, ou acha que tem, capacidade pra falar sobre tudo. Nesse quesito penso que nós somos a maior democracia do mundo, ou pelo menos a única democracia que teve a sorte de 1) ter um candidato  pastor! (sdds Laicidade)  2) um maluco do tipo homofóbico puro, ou seja, não ligado a nenhuma religião, tipo Bolsonaro. 3) Pessoa de apenas qualidades e sensibilidades:Eduardo Jorge 4) a representante dos intelectuais (Luciana genro)que é a melhor candidata, dado a beleza, a clareza, a firmeza etc. Menos meu voto, pois, a esquerda que nasceu da leitura de Marx,Gramsci, Foucault, tem horror áqueles que não leram Marx,Gramsci, Foucault. 5)  A presidente  que, nunca na historia desse país teve tantos auxiliares contra a presidente. (eu conheci dois assessores ministeriais: puta decepção) alias, vale a pena lembrar que FRORESTAN FERNANDES, numa entrevista ao Roda Vida em 90 alerta: existem pessoas no PT que não tem ideologia além do poder. Esses caras afundaram um partido legitimo.
307. pare de ler aqui.
308. foi avisado ou avisada!
309. você já imaginou uma empresa que fundada pelo tataravô que ainda desse lucro?  e que os tataranetos ainda se esforçassem pra que ela desse lucro? Ou já imaginou que você deixasse um testamento delegando aos futuros moradores, seja lá quem for,  a gerencia de suas propriedades? Isso é o Brasil. Os que lutaram pela independência, república ou democracia fizeram uma aposta: a de que os descendentes lutariam para preservar essas conquistas. E o que vemos hoje é muito alem disso, não apenas 90 por cento dos brasileiros creem na democracia como a melhor forma de governo, como nem se questionam a respeito de qualquer outra forma melhor. Somos os herdeiros, que honramos as lutas dos antepassados para garantir a republica, a democracia, o presidencialismo. Puta orgulho disso, tenho eu.
310. quem chegou até aqui não custa mais nada: somos foda pra caralho. Essa porra desse país tinha tudo pra dar errado: fomos colonizados por um bando de %@¨%#  sem perspectivas pra alem do lucro, tínhamos tudo (é Nabuco quem diz) pra ser um pais dividido por rancores e ódios entre brancos e negros e, e entretanto, somo UM SÓ POVO.  A nação com maior autocrítica do mundo. A junção mais multiétnica sem a necessidade de se declarar intalo-brasileiro, espano-brasileiro, afrobrasileiro etc...

Um choque de realidade aos:
311: há um povo que, inspirado pelos japoneses à cem anos à atrás, pelos alemães à 60, pelo Haitianos à 2, pede asilo no Brasil. Esse povo  não traz sua naturalidade na cor da pele ou no formato dos olhos. Esse povo não é nem estrangeiro. É apenas uma porção, pequena, de pessoas que nasceram diferente da maioria. Querem apenas ter a cidadania brasileira, como os japoneses, os alemães, os haitianos. São os gays.  Não querem mais a cidadania de segunda classe, o gueto, ou o quase casamento. Nem candidato a presidência questionando a existência desse grupo (como quem questiona a própria democracia: exemplo: só é cidadão quem é branco e faz sexo pelo órgão tal) nem candidato defendendo, por que assim mesmo, estaria na condição de “protegido e fraco”. NÃO! Apenas cidadania pra todos, por igual, se funcionou, pra pessoas tão distintas, irá funcionar também pra algo tão supérfluo como com-quem-tu-faz-amor? (amor é eufemismo pra sexo.)





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.