quinta-feira, 6 de março de 2014

Imagens de infelicidade.


Um mendigo, com sono e fome, descobre que a marquise onde dormia está, essa noite, fechada com tapumes e tão iluminada quanto o dia.

Recebes um abraço de alguém que já não amas, ainda que o amara.

A Luz do poste ofusca os poucos pisca-pisca que o filho colocou na janela do apartamento, para esperar sua mãe que trabalha na noite de natal.

A mesa posta, nada de fome.

O celebre ator envelhecera, entretanto reage as dores nas pernas e executa um passo de dança jocosa em frente a plateia. Nenhum riso.

Aquele cão que fora fotografado abandonado sob forte chuva.  Que, a despeito da foto que circula o facebook com mensagens tristes, ainda está lá. Vai morrer lá.

Aquele garoto, morrendo de fome sob o olhar do urubu e do fotografo. Sem o fotografo.

Aquele mundo que de dia doura-lhe o Sol, e a noite perturba-lhe o infinito do escuro sem redenção e de estrelas indiferentes. Rodando...

Qualquer prazer que venha do mal, qualquer tortura, qualquer vicio. A única chance da humanidade, perdida.

Sonhar e acordar num pesadelo real.

Viver para a vaidade, viver para outrem, viver de esperanças, viver escondido, viver na fantasia, viver ideologia, viver para a morte.


Fazer listas de imagens infelizes em noites de insônia. 

insonia. insonia do coração. insonia da sabedoria. insonia dos sentidos. insonia dos desejos. 

portas se fechando.

poças de pó de cupim sobre a cama, cama vazia, latas de cervejas vazias, garrafas de vinho vazias, sobriedade obrigada.

obrigado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.