quinta-feira, 4 de julho de 2013

A diferença entre o ser e o devir e a diferença entre o ser e o dever ser.



Pobre do povo que necessita de heróis. (Brecht) e mais pobre ainda aqueles que necessitam de heróis estrangeiros, como foi o caso da estadunidense irmã Dorothy, a freira que morreu por defender o direito dos mais pobres no Brasil, ou seja, uma ruptura com o costume.

Essa mania de eleger um herói, uma figura dotada de diversas qualidades é o que está elevando o ministro Joaquim Barbosa ao status de herói. O ministro é um homem de múltiplas qualidades, e muito virtuoso também, mas ele está onde deve estar e querer eleva-lo á presidência da republica é um erro. Primeiro que na divisão do poder, o executivo não está acima do judiciário, são iguais.

Mas a questão central é a dura constatação que ainda somos um povo pobre politicamente, ainda cremos em heróis. O Sr. Ministro representa no aquele que tem “pulso firme” que manda e não pede. Ou seja, uma resposta forte contra todos os corruptos. Isso porem, é antidemocrático, não precisamos de um valente contra a corrupção e sim de leis e instrumentos eficientes contra ela.

Penso que a inspiração dessas pessoas que desejam o Joaquim Barbosa presidente é a mesma daquelas que votam em seus pastores. Pois enxergam nesses as qualidades de um bom homem: honestidade, compromisso com o povo etc., e num tal modo que lhes parece inerente ao sujeito “esse tem princípios”. Isso não basta para um bom político é necessário ser criativo, audacioso e, sobretudo inteligente. Ou melhor, muito inteligente, às vezes até com uma dose de loucura. E essas qualidades devem ser também característica da população.

O senhor ministro está muito bem onde está e se tirarmos ele da presidência do STJ quem irá ocupar o seu lugar? Provavelmente um burocrata cuspidor de leis... Então depois de, no máximo, oito anos temos uma ex-ministro e ex-presidente desempregado.


Deixemos, por favor, essa menoridade de eleger um como o maior e sejamos nós mesmo a diferença necessária entre o presente e o nosso futuro desejado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.