sexta-feira, 11 de maio de 2012

INSEGUREM-ME



INSEGUREM-ME
Senão sou bem capaz de fazer uma besteira
Ou sair por aí e...sei não...
Corro, pulo, vivo.
Deixo essa casa e esse sofá, com a tv ligada.
E me meto por aí...vestido para o sol.
Alguém aí está me ouvindo?
Meu nível de medo e insegurança estão baixos!
Sinto em minhas pernas uma vontade louca de sair daqui!
De viver por aí, sem rumo, de...amar!

INSEGUREM-ME
                TOU FICANDO LOUCO!
CORAÇÃO DISPARADO,
                POR LIBERDADE.
INSEGUREM-ME!

Senão escapo, vazo, viro um risco.
E só vão me encontrar lá longe.
Perto dos sonhos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.