quarta-feira, 4 de abril de 2012

ali no fim


no fim das utopias
onde os sonhos acabam.
resta uma luz tênue
que entra pelos olhos
sem iluminar o coração

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.