domingo, 27 de novembro de 2011

ex-pinhos



Que me prendam…
Me algemem…
Tapem-me os ouvidos…
E os olhos…

Construam, ao entorno,
mil muralhas.
Deixem criar coroas-de-Cristo e
seus espinhos…

Seja rarefeito o ar,
Multipla a escuridão.
E na madrugada da
Alcova

Eu direi:
Te esqueci.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.