quinta-feira, 13 de outubro de 2011

teatro no domingo.



Um desavisado entou no teatro e gritou “ O REInieri está nú!”

O que o espetáculo “Isso te interressa?” diz, falando ou não:

Que teatro é pra poucos: 36. porque não basta ser de difícil acesso na estética, tem que sê-lo também na prática. (sou especial e consegui assistir depois de duas horas de fila)

Que autores cools são estrangeiros, rasos, burgueses, monotonos. E os brasileiros são calorosos, coloridos demais e não cabem num palco que preza o espaço vazio.

Que atuar é pra fracos, teatro mesmo é uma coisa entre performance, exibicionismo, conceito, nome-a-selar e cenário interativo.

Que a atriz Nadja Naira brilha mais que a luz que ela mesmo projetou e que vale o sacrficio (duas horas, lembram?) vê-la atuando.

O corpo nú é bonito, mas enjoa

Que se é pra falar de gerações Garcia Marquez faria mais e melhor.

Que senhoras burguesas francesas tem um talento especial pra escrever - livro de receitas.

Que um cachorro pode salvar um peça.

Que o Novelas curitibans é o nosso LaMama, mas, com lei de incentivo.

Que blackout  longos são um saco -  Nunca sei se a peça já acabou ou faz parte desse manifesto anti-carnaval das companhias cuitibanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.