terça-feira, 20 de setembro de 2011

botão II



Pergunta: por que nos sentimos no direito de enfiar tantas coisas no cu?
                 Tantos simbolos, metaforas, alusões…

                 “vai tomar no cu”, “enfia no cu” , “cuzão”, “meu coo pra você”, et cetera…

                 Isso já parece perseguição, já está pessoal…

Resposta 1: por que  em última analise ele é um buraco, um vazio e no vazio qualquer
                     coisa já é alguma coisa.

Resposta 2:  por que ele é sinônimo de tudo que não é civilizado, claro, fálico.
                     O mais humano em nós, nos lembra diariamente que viemos do BARRO.

Resposta 3: Dionizio, repartido e uno. É, mas não é. E é feio, sujo e fede. Mas…
                     ainda nos pertence, assim como a Alma.

Resposta 4: sobremesa da vida é rir da própria merda.
                    O cu está escondido pra ser o último golpe de humor:
                    A filha chorosa para o velho pai agonizante:
                        - Paizinho…quais são suas ultimas palavras?
                        - Filinha, acho que tomei no cu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.